Teologia · Traduções

Americanos Falham no Básico da Teologia

Uma coisa é certa: Americanos amam a Bíblia. Um relatório recente da Sociedade Bíblica Americana e o Grupo Barna descobre que dois terços dos EUA crê que a Bíblia contém “tudo o que uma pessoa precisa saber para ter uma vida cheia de sentido” e uma vasta maioria de pessoas na América se considera cristão. Contudo, o quão profundo é o Cristianismo deles?Não muito, de acordo com uma pesquisa publicada no final do mês passado pela Lifeway Research.
A pesquisa, encomendada pela Ligonier Ministries, perguntou a 3.000 participantes um conjunto de 47 questões sobre crenças fundamentais cristãs. Muitas das respostas revelaram que uma confusão de heresias sobre as mais básicas doutrinas do Cristianismo.

70% dos americanos concorda que há apenas um Deus verdadeiro – um em essência, três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. Ainda assim, quase o mesmo número crê que Deus aceita a adoração de outras religiões, mesmo aquelas que negam a Trindade ou adoram outras deuses.
61% corretamente diz que Jesus é tanto humano, quanto divino, mas metade acha que ele é “a primeira e maior criação de Deus”, ao invés de eternamente existente, como as Escrituras e os antigos credos de fé atestam.

Mais contradições bizarras apareceram: Mais de 60% dos americanos diz que Deus, Que não pode errar, é o Autor da Bíblia. Contudo, menos da metade afirma que a Bíblia que Deus escreveu é “100% correta em tudo o que ela ensina”. Dois terços admitem que todos pecam, mas também insistem que a maioria das pessoas é boa por natureza! Talvez o mais estranho de todos, metade dos americanos crê que somente os que aceitam a Jesus serão salvos, mas 60% também crê que todos eventualmente irão para o Paraíso.

2016-heaven

E quanto aos Cristãos professos e especialmente, evangélicos? Com certeza, eles se saíram muito melhor nas doutrinas básicas da fé. Uh, não.

Lifeway identificou que 586 dos 3.000 participantes eram “Evangélicos”.
Estes criam que a Bíblia é sua maior autoridade, que o evangelismo pessoal é importante e que crer na morte de cruz de Jesus é o único modo de salvação.

No entanto, a porcentagem é alta de pessoas que afirmaram princípios fundamentais de antigas heresias como o Arianismo. Surpreendentemente, 70% diz que Jesus é um ser criado. 56% diz que a Terceira Pessoa da Trindade, o Espírito Santo, “é uma força divina, mas não um ser pessoal”.

Evangélicos, por definição, acreditam que crer em Jesus é o único meio de salvação. Contudo, dois terços dos evangélicos – mais que a maioria dos Americanos – diz que o Paraíso é um lugar onde todas as pessoas se reunirão com seus entes queridos.

Não são apenas os desvios dessas doutrinas históricas que devem nos preocupar, mas as respostas contraditórias. A pesquisa mostra não só que os americanos em geral, e os evangélicos em particular, têm as respostas erradas sobre doutrinas cristãs básicas, mas que eles realmente não entendem o conceito da própria doutrina.

Howard Snyder, diretor do Manchester Wesley Research Center, atribui essa falta de noção generalizada às igrejas que basicamente têm abandonado a educação teológica. A catequese tem caído no esquecimento.

Pessoal, se esperamos preservar não só a fé evangélica nas próximas gerações, mas também o “mero Cristianismo” expresso no Credo Niceno, temos que levar ensino teológico a sério novamente.

Texto original por Eric Metaxas
Tradução: Erlan Tostes

 

Anúncios

O que achou? Comente aqui embaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s